sábado, 13 de outubro de 2018

Rogers Waters, Fake News e Alfa-Mais-Mais




Huxley nos apresenta em Admirável Mundo Novo um futuro no qual o domínio quase integral das técnicas e do saber cientifico produz uma sociedade totalitária e desumanizada. Uma sociedade organizada sob um sistema científico de castas. Não há vontade livre, abolida pelo condicionamento; a servidão é aceitável devido a doses regulares de felicidade química e ortodoxias e ideologias são ministradas em cursos durante o sono. Quem sabe durante um sonho virtual...

Já em 1984, de George Orwell, a Fake News já rolava solta com o ministério da verdade que era responsável por falsificar e alterar a história, já que a verdade é aquilo que o “Grande Irmão” quer que seja verdade. Orwell, também nos presenteou com a revolução dos bichos, uma fábula crítica ao totalitarismo, denunciando os caminhos distorcidos do poder ilimitado.  No livro os cães são usados para representarem os homens da lei; os porcos os políticos corruptos e moralistas; e as ovelhas, que sem pensamento próprio, cegamente seguem um líder. As ovelhas, galinhas e cia foram traídas pelos seus líderes, pois: todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais que os outros.

No álbum Animals, meu preferido do Floyd, Rogers Waters e cia, baseado no livro de Orwell fazem uma crítica feroz ao sistema capitalista, porém com uma pequena diferença: a possibilidade das ovelhas “negras” se rebelarem contra seus governantes (opressores).

Na vida real, estamos mais próximos às distopias de O Admirável Mundo Novo e 1984 do que uma possível revolta das ovelhas negras pinkfloydinas. E quem sabe isto seja a chave da questão.

A história nos mostra que os governos de esquerda precedem os regimes totalitários. Ambos são recíprocos no avanço do capitalismo. O que Waters denuncia é esta velha/nova transição, que aqui em solo tupiniquim, “só se justifica” com os militares contra a ameaça comunista nos anos 60 e com Lula e Bolsonaro no cenário atual. Prefiro não acreditar neste papo que somente as mascaras felizes e infelizes (neo) fascistas caíram (?)  

"Quem controla o passado, controla o futuro; quem controla o presente, controla o passado."

(1984 - George Orwell)

Ele também nos mostra que isto ( neofascismo) é uma tendência mundial contemporânea... Enquanto, cegamente, se briga pela a esquerda ou pela a direita, Trump e Maduro fazem acordo abertamente, eles são porcos de guerra a serviço dos bancos. A leitura mais importante, neste caso, é que a economia venezuelana é somente a petrolífera.  No Brasil, o coiso é um velho porco de guerra. E um vizinho desejável para a Venezuela de Maduro. Aleluia e glória a Deus...  

A intervenção Norte Americana aconteceu, praticamente, em todos os países da América Latina nos anos 60 e continua acontecendo. Foi no regime militar, que teve apoio dos Norte Americanos, que tivemos o maior aumento da desigualdade social no país. Milico não salva ninguém, pelo contrário, esta a serviço da classe dominante: morrendo ou matando e, Waters sabe bem disto, pois pertence à geração que lutou na guerra do Vietnã e perdeu seu pai e seu avô em combate.

"A guerra é travada, pelos grupos dominantes, contra seus próprios súditos, e o seu objetivo não é conquistar territórios nem impedir que outros o façam, porém manter intacta a estrutura da sociedade."

(1984 - George Orwell)

 
A verdade é que a população está, intencionalmente, dividida e, como já afirmou Will Durant: a máquina política triunfa porque é uma minoria unida atuando contra uma maioria dividida.

O nosso futuro (e dos nossos filhos) está em campo como em uma partida de futebol, pois é assim que nos querem: torcedores/espectadores. Em vez de nos organizarmos e lutarmos como fizeram nossos antepassados da greve geral de 1917, esperamos no próximo dia 28/08/18 para ver qual dos dois lados vai gritar gol !!!   O certo é que, sem luta e sem estarmos juntos ( wish you were here),  voltaremos a cada dia mais sem direitos para casa... Se voltarmos ...   
 

"If you didn't care what happened to me,
And I didn't care for you,
We would zig zag our way through the boredom and pain,
Occasionally glancing up through the rain,
Wondering which of the buggers to blame 
And watching for pigs on the wing"

(Pigs on the Wing - Pink Floyd)   
 

Texto e fotografia – Rodrigo Vargas Souza
Leia Aldous Huxley e George Orwell, escute  Pink Floyd e Vote Nulo! Organiza-te e luta !

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

UIVO ZINES - BUKOWSKI


“A religião me parecia um jogo de vigaristas, um truque de espelhos e eu sentia que se houvesse alguma Fé, a fé deveria começar a partir de mim sem as facilidades dos auxílios pré-fabricados, deuses pré-fabricados...” No livro Pedaços de um caderno manchado de vinho

VOTE NULO!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

PLENÁRIA DA COB EM FLORIPA

Por uma sociedade alternativa



Raul Santos Seixas nasceu em 28 de junho de 1945, em Salvador, Bahia. Se estivesse vivo hoje, o Maluco Beleza teria 69 anos. Desde que nos deixou Raul é lembrado e celebrado. E muitos se perguntam o porquê de... tantas homenagens 25 anos após sua morte. Porém, não se dão conta da sua importância para aqueles que lutam por uma sociedade alternativa a ordem capitalista - autoritária, centralista, burocrática, castradora, mistificadora, escravagista, segregacionista e suicida. Uma sociedade de seguidores de si mesmos, conscientes e criativos, numa metamorfose ambulante, fazendo sua própria lei numa terra sem rei. A cidade de cabeça prá baixo, num mundo que sabe a hora de parar. Os Indivíduos exercitando, pela sua própria ação direta e solidária, a construção diária de uma sociedade igualitária e libertária, autogerida, sem representantes nem representados, a sociedade livre. Que assumamos a responsabilidade por nossas vidas. Contra a atitude infantil da delegação haja consciente e diretamente sobre sua vida. E saiba que se você não está na Sociedade Alternativa a Sociedade Alternativa sempre esteve dentro de você. Ninguém te representa! Vote nulo, não sustente parasitas! Faça você a sua história! Nunca se vence uma guerra lutando sozinho, se organize, construa o seu sindicato e lute! Autogestão e coletivismo sindical libertário: Contra o Estado e os patrões! Não queremos legislação, queremos união para construir o novo.

Politiquis parasitis

(*) Após anos de estudos foi publicado na ultima semana uma poesia científica, escrita em latim, que tem efeito anti-parasitismo neste ano eleitoral.

SOMOS ANTIFASCISTAS

UM BROEMA CONTRA TODA ESTA CARETICE

Manifesto Cultural - 1º Maio - 2014


COPA DA FOME

CAMPANHA PELO VOTO NULO - 78 ANOS DA REVOLUÇÃO ESPANHOLA